Environmental Impacts Systematic Analysis of Ports Disposed Dredged Sediments Techniques

  • Lorena Novaes Rosa UNESP - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"
  • Débora Martins De Freitas Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências, Campus do Litoral Paulista

Abstract

A seleção de locais para disposição de sedimentos dragados de áreas portuárias requer consideração cuidadosa. Esses locais utilizados para descarte sofrem diversas alterações físico-químicas, que levam a novas perturbações no ecossistema marinho, incluindo processos biológicos, qualidade da água e atividades sociais. É crescente a preocupação com o impacto da dragagem nos sistemas sociais e biológicos, porém os dados sobre seus impactos são dispersos e não estão sistematicamente organizados. Esta revisão avaliou os impactos socioambientais causados ​​pela disposição oceânica (PDO) e técnicas contidas de disposição aquática (CAD) usando o canal do estuário de Santos (Baixada Santista, Brasil) como exemplo. Os dados foram coletados por meio de uma revisão bibliográfica e documental sistemática, pesquisar termos específicos relativos ao Porto de Santos e utilizar as principais bases de dados acadêmicas disponíveis. Os impactos identificados na revisão foram analisados ​​qualitativamente por seus atributos de Magnitude e Importância. Os impactos foram então avaliados pelo grau de significância (ou seja, muito significativo, significativo e insignificante), com base na magnitude e classificação de importância. Os dados compilados por meio da revisão sistemática da literatura foram validados usando uma matriz de grau de significância adaptada da matriz de Leopold. Os resultados sugerem que o nível de contaminação dos sedimentos é o principal critério para a seleção dos métodos de disposição. A técnica CAD apresentou impactos mais significativos devido à alta carga de contaminantes associados aos sedimentos que interferem diretamente na qualidade dos parâmetros físico-químicos do local de disposição. O ODP pareceu afetar principalmente a atividade pesqueira, enquanto o CAD prejudicou a qualidade de vida dos residentes ao redor do estuário, interferindo na atividade pesqueira e nas áreas protegidas. De maneira geral, concluímos que a técnica CAD apresenta impactos socioeconômicos e ambientais mais significativos para os ambientes costeiros. Nossos resultados também destacam a importância de estudos sobre avaliações de impacto ambiental para a elaboração de planos de dragagem no direcionamento da tomada de decisões e ações futuras.
Published
2021-08-24
How to Cite
ROSA, Lorena Novaes; DE FREITAS, Débora Martins. Environmental Impacts Systematic Analysis of Ports Disposed Dredged Sediments Techniques. Journal of Integrated Coastal Zone Management, [S.l.], v. 21, n. 2, p. 87-99, aug. 2021. ISSN 1646-8872. Available at: <https://ojs.aprh.pt/index.php/rgci/article/view/398>. Date accessed: 19 oct. 2021.
Section
Review articles